terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Vaticínios & Pesquisas

O CASO VENEZUELA

A respeito da barrigada coletiva da imprensa brasileira (escrita e on-line) na cobertura do referendo da Venezula, Alberto Dines, do Observatório de Imprensa, tem a melhor análise do caso no texto "O dia em que os mancheteiros quebraram a cara".

Segundo Dines, "todos comeram mosca nas manchetes do dia seguinte. Alguns mais do que outros, simplesmente porque os editores brasileiros vivem aferrados ao mito da infalibilidade das sondagens antes de computados os votos nas urnas.
** O Globo: "Boca-de-urna dá vitória a Chávez com alta abstenção. `Sim´ alcança até oito pontos de diferença em referendo ignorado por 50% dos eleitores"
** Estado de S.Paulo: "Referendo aumenta poderes de Chávez; pesquisas de boca-de-urna dão vitória para reforma do presidente da Venezuela, que terá direito de tentar a reeleição quantas vezes quiser"
** Folha de S.Paulo: "Referendo na Venezuela tem disputa acirrada; pesquisas de boca-de-urna indicam vitória de Chávez, mas governo evita comemorar antes do resultado final"

A simples insistência na palavra pesquisa no lugar de sondagem revela uma devoção cientificista e acadêmica. Cientistas sociais constroem suas hipóteses e, eventualmente, doutrinas com base em levantamentos de opinião pública. Jornalistas, porém, deveriam lidar apenas com fatos, fatos acontecidos, indubitáveis, inquestionáveis."

E conclui:
... "Se o jornalismo impresso com, pelo menos, quatro séculos de vivência, ainda não aprendeu a valorizar todo o seu potencial e suas vantagens competitivas, o jornalismo digital – teoricamente imbatível – mostra-se totalmente despreparado (ou desestimulado, dá no mesmo) para substituir o veterano rival.

Num dia em que o leitor dos jornais foi lesado pelo profetismo dos gatekeepers da mídia impressa, cabia aos vanguardeiros do jornalismo digital mostrar o potencial de fogo do seu medium. Ao longo da manhã e da tarde de segunda-feira (3/12), as manchetes dos portais de notícias fixavam-se ora no rebaixamento do Corinthians, ora na numerologia do IBGE sobre ao aumento da nossa longevidade." ...

Nenhum comentário:

National Geographic POD