quarta-feira, 10 de junho de 2009

Pecuária paraense

Pão de Açucar suspende compra de carne de áreas desmatadas

O Pão de Açúcar, a segunda maior cadeia de supermercados do Brasil, acaba de suspender as compras de produtos bovinos de onze frigoríficos paraenses por falta de garantias de que a carne não venha de áreas desmatadas na Amazônia. Entre os frigoríficos, está a gigante Bertin.

O Pão de Açúcar tomou a decisão depois que recebeu na semana passada uma recomendação do Ministério Público Federal do Pará.

Na verdade, todas as grandes redes de supermercados (e outros 72 compradores de produtos bovinos) receberam a mesma recomendação.

O descumprimento do pedido pode resultar em multa de 500 reais por quilo de carne vendida.

O Bertin, um dos maiores frigoríficos nacionais, foi apontado num documento divulgado pelo Greenpeace na semana passada como responsável pela compra de gado de fazendas que desmataram ilegalmente a floresta.

(Atualização: O Wal Mart e o Carrefour também seguirão a recomendação do MP. Ou seja, as três maiores redes de supermercados do país aderiram.)

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget