sexta-feira, 19 de junho de 2009

TERRAS NA AMAZÔNIA

Desmatamento prejudica o Brasil, diz Lula

Yara Aquino/Agência Brasil

Brasília - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (19) que não se deve chamar de “bandido” quem desmatou, mas sim conscientizar a sociedade que o desmatamento “joga contra” o país e deve ser evitado.

“Tivemos um processo de evolução e agora temos que remar ao contrário. Temos que dizer para as pessoas que se houve um momento em que podíamos desmatar, agora desmatar joga contra a gente”, disse, em discurso no município de Alta Floresta, em Mato Grosso.

Ele explicou que o desmatamento pode fechar as portas para produtos brasileiros no exterior e também bloquear empréstimos internacionais. “Empréstimo internacional não sai, podem colocar restrição a carne brasileira. Hoje, preservar é uma vantagem comparativa para nós”.

Lula participou de cerimônia simultânea realizada no Mato Grosso, Pará e Rondônia. Ele e dez ministros lançaram o mutirão Arco Verde Terra Legal, voltado à regularização fundiária, conservação do meio ambiente e serviços como emissão de certidão de nascimento e concessão de aposentadoria.

O presidente defendeu a necessidade de regularizar propriedades na Amazônia como forma de dar à população acesso a programas de financiamento e a maquinário para produção. “Quando a pessoa for ao banco pegar o empréstimo terá. Quando for comprar um trator, terá financiamento.”

Nenhum comentário:

National Geographic POD