quarta-feira, 15 de julho de 2009

MAUS TRATOS COM ANIMAIS SILVESTRES

Preguiças são entregues ao Goeldi em grave estado saúde

Duas preguiças adultas e um filhote foram trazidas ao Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), na última semana, seriamente machucadas. Uma mãe e um filhote (de apenas 2 meses) foram entregues na tarde de hoje (15/07) pela jovem Kelly Costa, que os encontrou na Feira do Tucunduba, na periferia de Belém do Pará, onde estavam sendo vendidas por R$ 50.

A moça comprou os animais e os trouxe ao Museu Goeldi para que fossem feitos os cuidados necessários, já que eles estavam muito debilitados. Desidratados, assustados, mal-alimentados e machucados, a mãe e o filhote estão sendo tratados pelo veterinário do Parque Zoobotânico do Goeldi, Messias Costa, e as bolsistas do Serviço do Parque Zoobotânico (SPZ).

Essa é mais uma evidência dos maus tratos com animais silvestres. Só em 2009, já foram trazidos cerca de 30 animais ao Parque Zoobotânico do Museu Emílio Goeldi, vítimas de maus tratos.

Nenhum comentário:

National Geographic POD