domingo, 23 de agosto de 2009

EMPREGOS NA AMAZÔNIA

Obras de infraestrutura fazem de Rondônia o estado que mais emprega na Região Norte

Rondônia é o estado que, por sete meses consecutivos, mais gera empregos na Região Norte. Entre janeiro e julho foram criados 17.047 novos postos de trabalho no estado, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. Conquistar este posto não causa grande surpresa ao secretário de Desenvolvimento Econômico e Social de Rondônia, Marco Antônio Petisco.

"Estamos com duas obras de infraestrutura importantes na capital, que são as usinas hidrelétricas do Rio Madeira [a de Santo Antônio, obra que está a cargo da Odebrecht; e a de Jirau, tocada pela Camargo Corrêa]", explicou Petisco à Agência Brasil. "Essas obras estão abrindo oportunidades para muitos trabalhadores", avalia.

O secretário explica que metade dos 17 mil novos postos de trabalho divulgados pelo Caged foram criados na capital, e a outra metade no interior do estado, que possui 52 municípios.

"Em Porto Velho há muitas obras de infraestrutura ligadas ao PAC [Programa de Aceleração do Crescimento]. Além de gerar salários, essas obras vão proporcionar saneamento básico e tratamento de água para a cidade", afirma o secretário.

Segundo ele, a situação da economia no interior também está "bastante robusta", devido principalmente às atividades ligadas ao setor pecuário. "Temos 12 milhões de cabeças de gado e uma população de 1,5 milhão de habitantes. Isso dá uma média de oito cabeças de gado por habitante".

Petisco explica que 70% da pecuária do estado é destinada ao corte, e o restante (30%) é constituído por gado leiteiro. "Há 20 frigoríficos aqui, quatro indústrias de leite em pó, uma de leite condensado e 60 indústrias de laticínio", informa.

A preocupação em atrair novos investidores também tem contribuído para a economia de Rondônia. "A 17 quilômetros do centro da capital temos um distrito industrial que já possui infraestrutura bastante adequada, com água, energia elétrica, drenagem e asfaltamento da avenida central à disposição de empresas que desejarem se instalar em nosso estado", disse Petisco.

"Conseguimos atrair 30 indústrias. Todas tiveram seus projetos aprovados. Destas, 15 já estão funcionando e entre elas está a Indústria Metalúrgica e Mecânica (IMA), responsável por fabricar as turbinas da Usina de Santo Antônio", afirmou o secretário.

"Além disso, adotamos algumas medidas que trouxeram benefícios econômicos, como os incentivos tributários de até 85% do crédito presumido do ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços], medida que acabou estimulando alguns setores a produzir em vez de importar itens como quadros de bicicleta", exemplifica em referência à Ciclo Kairu, indústria de bicicletas sediada no estado. "Com isso a empresa, que tem 2 mil funcionários, continua contratando", completou.

Rondônia é, segundo o secretário, o maior produtor de leite, café e de peixes na Região Norte, e o quarto maior exportador de carne do país.

Nenhum comentário:

National Geographic POD