quarta-feira, 26 de agosto de 2009

PLANTAS OLEAGINOSAS DA AMAZÔNIA

Museu Goeldi reedita obra clássica da botânica

Mais atual que nunca, volume é um tratado sobre espécies amazônicas com potencial para as indústrias química e farmacêutica


O livro “Plantas Oleaginosas da Amazônia”, de Celestino Pesce, será relançado nesta quinta-feira, 27 de agosto, às 17 horas, no Espaço Ernst Lohse, no Parque Zoobotânico do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG). Obra clássica da botânica, publicada pela primeira vez em 1941, mas que continua subsidiando estudos sobre cultivo, manejo e aplicabilidade industrial das oleaginosas, foi agora reeditada e nela contribuem diversos pesquisadores da Coordenação de Botânica (CBO) do MPEG e da Universidade Federal do Pará (UFPA), num minucioso trabalho de revisão, tanto taxonômica, quanto da apresentação de dados físico-químicos das 84 espécies apresentadas pelo autor. Além disso, novas ilustrações botânicas e fotografias de exemplares pertencentes ao Herbário Murça Pires/MPEG foram inseridas para enriquecer os dados da publicação.

O livro, cuja edição é fruto de uma parceria entre o Ministério da Ciência e Tecnologia, através do Museu Goeldi, e do Ministério do Desenvolvimento Agrário, através do Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural, será vendido por R$ 60,00, mas, no dia do lançamento, haverá desconto e o investimento será de R$ 50,00. Servidores do MPEG terão desconto de 30%.


Serviço: Lançamento do livro Plantas Oleaginosas da Amazônia, nesta quinta-feira, 27 de agosto, às 17 horas, no Espaço Ernst Lohse, no Parque Zoobotânico do Museu Paraense Emílio Goeldi, localizado à Avenida Magalhães Barata, 376. São Braz, Belém, Pará.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget