segunda-feira, 10 de agosto de 2009

TERRAS INDÍGENAS

Funai cria grupo para acompanhar desocupação de terra indígena em Mato Grosso

A Fundação Nacional do Índio (Funai) constituiu um grupo técnico para acompanhar o cumprimento do mandado de desocupação da Terra Indígena Urubu Branco, em Mato Grosso. A medida foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (10).

A chamada Operação Urubu Branco será coordenada por agentes da Polícia Federal e fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O grupo terá prazo de 30 dias, a partir de hoje, para concluir os trabalhos.

A operação já ocorreu outras vezes na reserva, com a retirada de posseiros que haviam deixado a área anteriormente, em função do recebimento de indenizações relativas às benfeitorias, antes da confirmação de Urubu Branco como terra indígena.

O pagamento de indenizações foi concluído em 2002, quando os posseiros receberam os valores a que tinham direito e abandonaram espontaneamente a área. A terra indígena foi homologada em 1999.


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget