quinta-feira, 17 de setembro de 2009

MAIS UM GOLPE NO CRIME AMBIENTAL

Preso o empresário que enterrou madeira para escapar da fiscalização

O empresário Marcos Antonio Dantas Forte, que em 2008 enterrou mais de 700 metros cúbicos de madeira no pátio de sua empresa para escapar da operação Arco de Fogo, em Tailândia, no Pará, foi preso na segunda-feira, 14 de setembro, pela Polícia Federal (PF) em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

O valor da madeira enterrada por Dantas foi calculado em R$ 108 mil. A madeira era enterrada à noite, mas foi descoberta pelos fiscais. Todas as toras tinham sido serradas sem autorização e também não foram apresentados os Documentos de Origem Florestal (DOFs) exigidos para a comercialização de produtos florestais.

Na operação Ouro Verde, foi descoberto que o bando de Dantas produzia as autorizações falsas em uma gráfica de Goiânia, e conseguia notas fiscais falsas com os servidores da Secretaria estadual da Fazenda do Pará, para o caso de apreensão da carga.

Outro integrante da quadrilha, o empresário Francisco Alves Vasconcelos, o Chico Baratão, foi preso no último dia 11 por determinação da Justiça Federal. Ex-prefeito de Tailândia, ele foi denunciado como sendo responsável pela criação de diversas empresas fantasmas para obtenção de ATPFs.

com informações do Ministério Público Federal

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget