quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

JUSTIÇA PARAENSE

Processo na Justiça do caso da adolescente presa em cela masculina no Pará entra na reta final

O juiz responsável pelo caso da adolescente que, em 2007, sofreu abuso sexual em uma cela masculina na delegacia do município de Abaetetuba, no Pará, previu que até junho poderá ter a sentença do caso proferida. Deomar Barroso, juiz da Terceira Vara Criminal da cidade, acredita que, em março, terá as alegações finais iniciadas.

Na última segunda-feira (8), terminou a série de depoimentos das testemunhas de acusação e de defesa. O juiz explicou que ainda devem ocorrer diligências nos próximos dois meses, ou seja, a tomada de depoimentos em locais fora da comarca, feita por uma equipe da Justiça. Depois, vem a fase das alegações finais, que começam pelo Ministério Público.

No processo, foram denunciados pelo Ministério Público do Pará cinco delegados, três investigadores, dois agentes prisionais e dois detentos. Além dos réus, foram ouvidas no processo 75 testemunhas de defesa e 15 testemunhas de acusação.

O caso da adolescente teve repercussão em todo o país. Em novembro de 2007, L.S.P. foi detida por roubo junto com homens em uma cela da delegacia do município paraense. A jovem, que tinha 16 anos na época, sofreu abuso sexual dentro da cela, onde ficou mantida por mais de 20 dias. Abaetetuba fica a 60 quilômetros da capital, Belém.

Nenhum comentário:

National Geographic POD