segunda-feira, 26 de julho de 2010

DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA EM JUNHO DE 2010

Desmatamento e Degradação Florestal em junho de 2010 na Amazônia Legal (Fonte: Imazon/SAD).

Dados do desmatamento em junho de 2010, segundo o Imazon

Em junho de 2010, o SAD detectou 172 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal. Isso representou um aumento de 15% em relação a junho de 2009 quando o desmatamento somou 150 quilômetros quadrados.

O desmatamento acumulado no período de agosto de 2009 a junho de 2010 totalizou 1.333 quilômetros quadrados. Em comparação com o período anterior de agosto 2008 a junho 2009 (desmatamento somou 1.234 quilômetros quadrados), houve um aumento de 8%.

Em junho de 2010, a maioria (67%) do desmatamento ocorreu no Pará (67%). O restante ocorreu no Amazonas (13%) depois Mato Grosso (10%), Rondônia (8%), Acre (1%), Roraima (0,5%) e Tocantins (0,5%).

O desmatamento acumulado no período de agosto de 2009 a junho de 2010 resultou no comprometimento de 85 milhões de toneladas de C02 equivalentes, as quais estão sujeitas a emissões diretas e futuras por eventos de queimadas e decomposição. Isso representa um aumento de 3% em relação ao período anterior (agosto de 2008 a junho de 2009) quando o carbono florestal afetado pelo desmatamento foi cerca de 87 milhões de toneladas de C02 equivalente.

As florestas degradadas (florestas intensamente exploradas pela atividade madeireira e/ou queimadas) na Amazônia Legal somaram 402 quilômetros quadrados em junho de 2010. Desse total, a quase totalidade (97%) ocorreu no Pará.

Em junho de 2010, foi possível monitorar 75% da área com cobertura florestal na Amazônia Legal.

Para consultar o detalhamentos dos dados clique aqui.

3 comentários:

Lucas D'Erasmo disse...

Sinceramente não era muito fã de blog por ter um certo preconceito contra o conteudo deles. Mais fiquei feliz de entrar na rede de blogueiros e ver que existem blogs engajados no bem estar, e fiscalizando o que acontece de errado no pais.
Abraçoo

Edvaldo Pereira disse...

Obrigado pela visita Lucas,

espero que continue passando por aqui. Ah, e seja benvindo para deixar sugustões e críticas.

Um abraço,

Edvaldo Pereira
Amazônia em Foco

Imortal disse...

Pois é enquanto a maioria estava preocupada exclusivamente com a copa,problemas como esse estavam acontecendo :(

National Geographic POD