quarta-feira, 1 de setembro de 2010

ORQUÍDEAS NATIVAS DA AMAZÔNIA BRASILEIRA


Museu Goeldi lança 2ª edição de catálogo sobre orquídeas da Amazônia

Por sua beleza, as orquídeas são plantas que encantam os homens desde tempos imemoriais. Confúcio (sábio chinês que viveu entre 551 e 479 a.C.), por exemplo, dizia que elas têm perfume supremo, digno de um rei. Especialistas consideram a família Orchidaceae como a maior família botânica do mundo, estimando-se uma variação entre 15.000 e 30.000 espécies distribuídas por todos os continentes, com exceção da Antártida, embora predominem nas áreas tropicais, como a Amazônia.

Na árdua tarefa de mapear a riqueza orquidológica da maior floresta tropical do mundo, Manoela Ferreira Fernandes da Silva e João Batista Fernandes da Silva, dedicaram anos de estudo e realizaram muitas viagens de campo ao trabalho com essa família botânica, resultando na publicação do catálogo “Orquídeas Nativas da Amazônia Brasileira”.

Lançado pela primeira vez em 1994, fruto de uma parceria entre o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) e a Universidade Rural da Amazônia (UFRA), o catálogo ganha uma segunda edição em 2010, que será lançada no dia 2 de setembro, amanhã, às 17 horas, no estande do Museu Goeldi na XIV Feira Pan-Amazônia do Livro.

A 2ª edição traz atualizações importantes, como a inserção de dez espécies, descritas pela primeira vez na publicação, e outras novas ocorrências para a flora brasileira, como a Sobralia imavieirae – coletada pelo autor em 2000, no monte Caburaí (RR) – cujo nome científico homenageia a ex-diretora do MPEG, Ima Vieira.

“Orquídeas Nativas da Amazônia Brasileira” conta com mais de 500 páginas impressas em papel couché, trazendo detalhes sobre 709 espécies das quais 373 são do Pará. Com ilustrações detalhadas de algumas orquídeas, o livro também é ricamente ilustrado por fotos em alta resolução, tornando a obra acessível tanto para especialistas e amantes do tema, quanto para leigos.

Sobre os autores – Manoela Ferreira Fernandes da Silva é engenheira agrônoma, mestre e doutora em Botânica pelo Instituto de Pesquisa da Amazônia (INPA), com pós-doutorado no Royal Botanic Gardens de Kew (Inglaterra).

João Batista Fernandes da Silva é cientista autodidata, botânico naturalista, especialista na família Orchidaceae, tendo iniciado seus estudos em 1978. Idealizou, junto com Manoela, o projeto Estudo e Salvamento de Orquídeas na Amazônia Brasileira, iniciado em 1993.

Serviço:
Lançamento da 2ª edição do livro “Orquídeas Nativas da Amazônia Brasileira”.
2 de setembro, às 17 horas, no estande do Museu Goeldi na XIV Feira Pan-Amazônia do Livro.

Nenhum comentário:

National Geographic POD