segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

GOELDI RECEBE PEÇAS MARAJOARA

Duas urnas funerárias arqueológicas e um artefato em madeira foram doados à instituição

O Museu Goeldi recebeu doação de peças arqueológicas salvas na propriedade de Leandro Tocantins, parente distante do fundador dessa instituição de pesquisa - Domingos Soares Ferreira Penna - na Ilha do Marajó. São duas urnas marajoaras com altura de cerca de um metro cada, um artefato em madeira semelhante a uma lança, além de 20 fragmentos de cerâmica que ainda serão analisados pela equipe do museu.

Sobrinho bisneto de Ferreira Penna, Leandro Tocantins recebeu a autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para doar as pecas ao acervo do Museu Goeldi, que se responsabilizou pelo transporte do material. As peças já estão na reserva técnica da instituição para limpeza, tratamento e catalogação.

Para arqueóloga Vera Guapindaia, a importância da doação também está nos raros ou inexistentes estudos realizados na área onde as peças foram encontradas. Segundo ela, os materiais “são urnas funerárias de um status elevado dos marajoaras, no entanto as urnas estavam vaziam quando encontradas”.

O blog Amazônia em Foco espera que as peças um dia possam ser expostas e visitadas em um espaço adequado dentro do Museu, não ficando apenas trancadas dentro da sala de reserva técnica da instituição, assim como o vastíssimo acervo existente e inacessível ao grande público.

Nenhum comentário:

National Geographic POD