quinta-feira, 12 de maio de 2011

MPE DO PARÁ COBRA PROVIDÊNCIAS DO IBAMA

Filhote de peixe-boi encontrado em Óbidos corre risco de vida

A promotora de justiça Eliane Moreira pediu ontem (11) esclarecimentos ao Ibama, por meio de ofício, sobre a demora do órgão no remanejamento de um filhote de peixe-boi encontrado e resgatado por pescadores na região de Santa Rita, em Óbidos, no Pará.

Por se tratar de um filhote, que não possui condições de ser reinserido na natureza, o animal foi levado à Secretaria de Meio Ambiente do município, onde foi colocado em uma caixa d´água de fibra para aguardar o remanejamento para Santarém, a ser realizado pela Ibama.

Segundo apurado pela promotoria de justiça, no mesmo dia do resgate do animal o órgão municipal fez contato com o o setor de fauna do Ibama, solicitando as devidas providências. Porém, desde o dia 28 de março, quando foi encontrado o animal, até hoje, não houve nenhum posicionamento do órgão.

A promotora afirma que “a demora no cumprimento obrigatório do serviço pelo setor do Ibama está causando riscos ao animal podendo levar até a sua morte”. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente alega que não pode transportar o animal, pois somente o Ibama possui condições técnicas para realizar essa transferência.

Nenhum comentário:

National Geographic POD