sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

UM SEGREDO REVELADO


Redescoberto na Flona do Purus espécie de sagui misterioso


Até o momento da redescoberta, o macaco havia sido descrito apenas com base em um desenho e seu local de ocorrência era desconhecido


O biólogo Ricardo Sampaio, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade  – ICMBio, em Boca do Acre (AM), em parceria com o primatólogo José de Sousa e Silva Junior (pesquisador do Museu Emílio Goeldi) e o ecólogo Fábio Röhe (pesquisador da Wildlife Conservation Society-WCS Brasil), descobriu na Flona do Purus uma espécie de sagui que até então era um mistério científico. Agora eles estão empenhados em preencher a lacuna científica – descrever o Saguinus fuscicollis cruzlimai com base em uma série de espécimes com origem geográfica conhecida.


No ano de 2011, Ricardo Sampaio desenvolveu um estudo na FLONA do Purus, apoiado e financiado pelo ICMBio, onde fez vários registros de primatas e coletou quatro espécimes do Saguinus fuscicollis cruzlimai, depositando o neótipo no INPA e os outros três exemplares no Museu Emílio Goeldi.


Um exemplar deste animal foi exibido na exposição permanente do Museu Goeldi até os anos 1940, quando misteriosamente desapareceu em um período no qual a Instituição ficou à míngua, até ser incorporada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq. Em três períodos históricos diferentes, os zoólogos Fernando Novaes, Philip Hershkovitz e José de Sousa (mais conhecido como Cazuza) fizeram buscas para tentar localizar o exemplar, com resultados negativos.


O único registro histórico conhecido da espécie até então estava uma ilustração feita por Eládio Cruz Lima no livro “Primatas da Amazônia”, publicado em 1945 pelo Museu Goeldi. Foi a partir do desenho de Cruz Lima que Hershkovitz fez a primeira descrição do sagui que agora vai ganhar sua descrição definitiva.

Nenhum comentário:

National Geographic POD