quarta-feira, 12 de agosto de 2009

QUELÔNIOS SÃO DEVOLVIDOS À NATUREZA

foto: Ibama


QUELÔNIOS VOLTAM AO RIO XINGU, NO PARÁ

Na manhã da última terça-feira (11), foram devolvidos 20 quelônios das espécies tracajá e tartaruga da Amazônia ao Rio Xingu, na região de Altamira, sudoeste do Pará. Os animais foram encontrados durante vistoria em acampamentos nas proximidades do Rio Iriri e no porto de Altamira. Os animais seriam transportados em barcos para atender encomendas da localidade. O total de multas aplicadas aos infratores foi de R$ 8 mil.

De acordo com o chefe do Escritório do Ibama em Altamira, Roberto Scarpari, no ano passado houve uma série de problemas com os ovos de tartarugas no Xingu. "O número de ovos eclodidos caiu por motivos de um refluxo, alagamento dos ninhos", explica. Mas, mesmo caindo, a quantidade continua sendo expressiva, se forem levados em consideração os históricos de crescimento da população das tartarugas no Xingu.

"Neste ano, tivemos tempo de trazer algum recurso para o alteamento do tabuleiro, prevendo fenômenos hidrológicos que poderiam levar ao alagamento dos ninhos novamente", acrescenta Scarpari. A Prefeitura do Município de Senador José Porfírio providenciou dragas para a elevação do tabuleiro e o Ibama mantém, em conjunto com a prefeitura de Senador José Porfírio, a Base de Operações para a área.

No próximo sábado (15), inicia-se o período de proteção do tabuleiro, sendo proibida a pesca numa área que compreende cerca de 250 km².

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget