quinta-feira, 10 de setembro de 2009

ESPÉCIES AMEAÇADAS DE EXTINÇÃO

Ministério do Meio Ambiente vai revisar lista de espécies ameaçadas

O Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Chico Mendes vão revisar a lista das espécies da fauna do Brasil ameaçadas de extinção, conforme portaria conjunta publicada na edição desta quinta-feira (10) do "Diário Oficial da União".

A lista atual foi elaborada em 2004 e publicada ano passado no "Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção". O material contém informações detalhadas sobre cada uma das 622 espécies ameaçadas da fauna brasileira.

A portaria busca agilizar a implementação da Política Nacional da Biodiversidade, voltada para a conservação e a recuperação das espécies ameaçadas em todo o território nacional, na plataforma continental e na zona econômica exclusiva brasileira, para efeitos de restrição de uso, priorização de ações de conservação e recuperação de populações.

Processo de extinção
A extinção das espécies ocorre lentamente durante milhares de anos, mas, nas últimas décadas, o ser humano tem acelerado esse processo com o mau uso dos recursos naturais. Uma das causas mais frequentes da extinção é a degradação dos ambientes naturais.

Grandes áreas abertas para a implantação de pastagens ou da agricultura convencional, assim como o extrativismo desordenado e a expansão urbana associada à ampliação da malha viária, estão entre os principais motivos de ameaça à conservação das espécies.

Fatores como a poluição, os incêndios florestais, a formação de lagos para hidrelétricas e a mineração também contribuem para agravar o problema.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget