segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Quilombolas da Amazônia

Belém receberá primeira oficina sobre segurança alimentar de quilombolas

Na próxima quarta-feira (23), o Hotel Beira Rio, em Belém (PA), sediará a primeira de uma série de oficinas organizadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Nesses encontros, representantes de 173 comunidades quilombolas serão apresentados a pesquisa sobre segurança alimentar e nutricional que ocorrerão ao longo do ano.

O objetivo do estudo é avaliar o perfil nutricional de crianças menores de 5 anos, bem como a situação de segurança alimentar, e descobrir como é o acesso das famílias aos serviços, benefícios e programas governamentais. Também será descrito o perfil socioeconômico das comunidades remanescentes de quilombos tituladas. O trabalho tem a parceria da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir).

O levantamento será feito nas comunidades quilombolas que obtiveram título de posse coletiva da terra entre 20 de novembro de 1995 e 14 de outubro de 2009. No total, 55 municípios serão pesquisados. Durante as visitas, as crianças menores de 5 anos serão pesadas e medidas.

Para o trabalho de campo, o MDS contratou, por meio de licitação, o Núcleo de Pesquisa, Informação e Políticas Públicas da Universidade Federal Fluminense (DataUFF). A empresa foi selecionada a partir do edital público 10.333/2010, no âmbito do projeto de cooperação técnica BRA 04/046 – firmado entre o MDS e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Após a oficina de Belém, a equipe de representantes do MDS segue para Santarém, onde ocorre a segunda etapa. A última reunião contará com a presença de comunidades de todo o Nordeste e está marcada para 16 de março, em São Luís, no Maranhão.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget