terça-feira, 17 de maio de 2011

DESMATAMENTO DISPARA NO MATO GROSSO

Dados revelam aumento de 537% se comparados os meses de Abril de 2010 e 2011

Análise nos dados do SAD de abril de 2011 detectou um aumento muito expressivo do desmatamento e de degradação florestal em Mato Grosso. Trata-se de uma situação grave o que exigiu atenção especial do Imazon, que inaugurou um nova modalidade de divulgação dos dados da iniciativa Transparência Florestal do Instituto: O “SAD Alerta” especial para Mato Grosso. O instituto continuará a divulgar mensalmente os boletins do SAD para toda a Amazônia Legal mas sempre que for necessário antecipará a divulgação dos dados para áreas críticas especificas.

Em abril de 2011 o desmatamento atingiu 243 quilometros quadrados em Mato Grosso, o que corresponde a aumento expressivo de 537% em relação a abril de 2010 quando o desmatamento somou apenas 38 quilometros quadrados. No acumulado do período (agosto 2010 –abril 2011) o aumento é de 96% se comparado ao mesmo período anterior (agosto 2009-abril 2010).

Com relação a degradação florestal os dados registrados são alarmantes: 1755 quilometros quadrados em abril de 2011. No acumulado do período (agosto 2010-abril 2011) a degradação já subiu 466% em relação ao período anterior (agosto 2009-abril 2010).

Segundo o Imazon, o aumento expressivo do desmatamento e degradação florestal em Mato Grosso pode estar associado a expectativa de mudança do código florestal como revelou relatório do ICV. Ações fortes de combate ao desmatamento e degradação por parte do governo são urgentes e devem focar nos municípios criticos.

Para download integral do boletim clique aqui.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget