sexta-feira, 13 de abril de 2012

PÓS-GRADUAÇÃO NA AMAZÔNIA

Profa. Teresa Ximenes, coordenadora do doutorado, 
e o Prof. Seixas Lourenço, reitor da UFOPA
Foto: Jussara Kishi 

UFOPA anuncia primeiro doutorado da instituição


Na manhã desta sexta-feira, dia 13, o Prof. José Seixas Lourenço, reitor da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), anunciou em coletiva de imprensa a aprovação, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do primeiro doutorado interdisciplinar da instituição, na área de “Sociedade, Natureza e Desenvolvimento”. 


Primeiro doutorado a ser ofertado, integralmente, pela UFOPA, o curso terá um enfoque interdisciplinar, e de acordo com o reitor José Seixas Lourenço, objetiva maior articulação entre as ciências naturais e as ciências sociais na ótica do desenvolvimento sustentável. “Isso é um fato auspicioso, porque a UFOPA, em apenas dois anos e meio de existência, já pode ser considerada uma universidade, de acordo com os critérios do Conselho Nacional de Educação, que exige, para que uma instituição de ensino superior seja considerada uma universidade, que ela tenha pelo menos um doutorado e 3 mestrados. Nós já temos 3 mestrados aprovados pela Capes: o mestrado em Recursos Naturais na Amazônia, com 15 dissertações defendidas; temos também o mestrado profissional em Matemática, que está em seu segundo ano de oferta; e o mais recente, o mestrado em Recursos Aquáticos na Amazônia. E agora, para coroar todo esse esforço na área da pós-graduação, veio então a aprovação deste doutorado interdisciplinar”, comemora o reitor.


Metodologia do curso
Conduzido por uma metodologia interdisciplinar, que buscará a interface entre as ciências sociais e naturais, o programa possibilitará pesquisas relevantes sobre a região amazônica. “Este curso será muito importante para a região, pois ele é conduzido pela metodologia interdisciplinar, o que significa a interação entre ciências sociais e ciências naturais. Teremos várias linhas de pesquisa, o que permitirá ao aluno, ao integrar este conhecimento, trabalhar com problemáticas que demandam uma visão holística da realidade”, considera a coordenadora, Tereza Ximenes.


Inicialmente, serão ofertadas 15 vagas. A publicação do edital de seleção está prevista para o mês de maio. “A seleção ocorrerá durante o mês de julho, e o início das aulas deverá ocorrer na segunda quinzena do mês de agosto”, informa a coordenadora.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget